Cacique da etnia Tukano é morto a tiros


Um cacique da etnia Tukano, Francisco de Souza Pereira, de 53 anos, foi morto a tiros na casa em que morava, na comunidade Urukia, na Zona Norte de Manaus, na madrugada do dia 28 de fevereiro. Segundo a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), homens encapuzados entraram na casa e atiraram contra o cacique.

A esposa do cacique, Dulcinéia Ferreira Lima, de 51 anos, o casal estava em casa, junto com a filha de 11 anos. Por volta de 1h, três homens não identificados arrombaram a porta e foram até o quarto em que eles dormiam. conta ainda que a vítima não tinha briga com ninguém e sempre trabalhou em prol das comunidades.

A irmã de Francisco Pereira, Sulamita de Souza Pereira, 55 anos, lembra que o irmão costumava trabalhar com obras. Ele era envolvido com aldeias indígenas mas passou a buscar liderança após a morte da mãe, há quatro anos.

Sulamita conta ainda que o irmão sempre buscou ajudar a todos os membros das comunidades espalhadas pela capital. Segundo a vizinha do cacique, Lucilene da Silva, de 51 anos, “assim é como ele deve ser lembrado”.

Pereira era um cacique indígena da etnia Tukano e atuava em lideranças de 42 aldeias, segundo sua família.

#ComCausa

#Tukano #Assasinato #ComCausa #AdrianoDias #InfoC3 #AndréCeciliano #BaixadaFluminense #DireitosHumanos #Deputado #ধনZoriDhana

ComCausa 

Rua da Engenharia 30 

Alto da Posse - Nova Iguaçu / RJ

Cep 26022-770

Telefones:

+55 21 4502 4492
+55 21 99957 3821 (Whatsapp)