Alunos usam batom em solidariedade ao colega


Um aluno do pré-vestibular do Sistema Elite de Nova Iguaçu, Diego Archanjo, de 17 anos, resolveu ir de batom para a aula. Sob o argumento de evitar algum tipo de preconceito dos estudantes contra o jovem, a coordenadora da unidade repreendeu o menino.

Diante do acontecido, vários estudantes do colégio usaram batom vermelho em protesto nesta quinta-feira, dia 01 de julho de2017.

Alunos de outras unidades aderiram e a iniciativa ganhou repercussão nas redes sociais com a hashtag #BatomPodeHomofobiaNão , e no Twitter, foi o segundo assunto mais citado no país.

Os alunos divulgaram frases como "Todos te apoiam, Diego”, "Tire sua homofobia do caminho, quero passar com o meu amor", entre outros.

Para o fundador da ComCausa, Adriano Dias, “a iniciativa dos alunos tem um forte simbolismo positivo, ainda mais se tratando de ter acontecido na Baixada Fluminense (...) sempre fomos marcados pela intolerância. Diante da onda reacionária que toma o pais, tendo as redes sociais como um dos principais propagadores de preconceito e ódio. Estes jovens deram um exemplo de cidadania, respeito e carinho para todo o Brasil”, e completa, “estou acostumado a tratar com as violações diárias nesta região, esta iniciativa me enche de esperança e orgulho pelos jovens da Baixada”.

Diego afirmou que nunca havia sido alvo de preconceito dentro do colégio e mostrou surpreso com a manifestação. "Se houve algum comentário, nunca chegou até a mim. O protesto é importante para expor o problema. Dessa forma, o uso do batom vermelho já não se torna estranho diante dos outros estudantes. Depois da repercussão, o diretor e a coordenadora da escola vieram pedir desculpas. O diretor disse que apoia o nosso ato". Ele afirma que usa o batom na escola desde janeiro deste ano.

E, nota, o Sistema Elite de Ensino informou que já apurou internamente "o mal entendido ocorrido com um aluno em uma de suas unidades". "Conforme esclarecido pelo próprio aluno em um vídeo nas redes sociais, em nenhum momento houve atitude discriminatória da escola. Os princípios e valores do Elite, nos quais se embasa não só nossa proposta educativa mas também inspiram nossos modos de ser escola e nossos educadores, preza pelo acolhimento à diversidade e respeito ao ser humano” e finalizou - “O batom é livre para todos”!".

No twitter, a rede de ensino divulgou uma campanha #BatomPodeHomofobiaNão

Fotos reprodução internet.

#HomofobiaNão

#ComCausa

#homofobia #DireitosHumanos #NovaIguaçu #CoisasBoasdaBaixada

ComCausa 

Rua da Engenharia 30 

Alto da Posse - Nova Iguaçu / RJ

Cep 26022-770

Telefones:

+55 21 4502 4492
+55 21 99957 3821 (Whatsapp)