Azul Limão e Cólera em show histórico no dia do Rock


Duas bandas históricas estarão realizando um show gratuito no dia Internacional do Rock, dia 13 de julho de 2019. O Cólera, que celebrará seus 40 anos de punk rock, e a Azul Limão, uma das pioneiras do heavy metal do Brasil. O evento terá entrada gratuita, terá a participação de várias bandas de vertentes diferentes, e será no subúrbio do Rio, no Coimbra Esporte Clube, no bairro da Penha.

Azul Limão

Fundado em 1981 pelo guitarrista Marcos Dantas, e Vinícius Mathias no baixo. Em 1983, com a entrada de Rodrigo Esteves e Ricardo Martins, O Azul Limão se estabilizou e logo ganhou destaque com a demo “Não Vou Mais Falar“, que fez tocou muito na extinta rádio Fluminense FM.

Em 1986, foi lançado o primeiro disco: “Vingança”. Em 1987, foi a vez do disco “Ordem e Progresso“. Em 1989, o Azul Limão encerrou suas atividades e a partir dai a banda se reunia para apresentações pontuais quando Ricardo e Rodrigo estavam de passagem pelo Brasil.

Ainda com a formação original, em 2013 a banda lançou o álbum “Regras do Jogo“, que continham músicas compostas nos anos 1980 que não entraram nos registros anteriores.

Em 2018, o Azul Limão retorna oficialmente com novos componentes, tendo em vista que os integrantes originais estão morando fora do Brasil. O vocalista Rodrigo Esteves vive na Espanha e tem uma consolidada carreira como cantor de ópera. Já baterista Ricardo Martins que vive em Portugal.

Nesta nova fomação, entraram o vocalista Trevas e o baterista André Delacroix. Ambos estavam no Metalmorphose, que anunciou hiato recentemente.

Uma história de Cólera e paz

Tudo começa quando o guitarrista Hélio e baixista Redson Pozzi o resolvem fazer uma banda em 1979, completando com o irmão de Redson, "Pierre" Carlos Lopes Pozzi na bateria – apesar de sequer ter uma –, e Kinno no vocal para fazer uma banda de rock. Já no ano seguinte, 1980, Hélio e Kinno e saem da banda e entra nosso incansável Val – Valdemir Pinheiro - no baixo. Durante décadas esse grupo influenciou todo tipo de pensamentos e iniciativas culturais e sociais pelo Brasil.

O ‘Cólera’ estava pronto, tinham um contexto, uma atitude e uma musicalidade que a tornaria uma das bandas punks de maior longevidade do cenário brasileiro. Nesse caminho, se destacou por ser protagonista de uma postura pacifista.

Desde 1979, com as primeiras músicas e a sequência de discos com letras coerentes, destacaram o grupo dentro da conturbada cena punk brasileira daquele início dos anos 80. Posteriormente vários integrantes desta cena punk - e que continuam até hoje – disseram ter Redson como uma espécie de conselheiro para além da sua produção como um compositor, músico e poeta.

A entrada será gratuita, mas o tradicional Motoclube Abutre´s estará recebendo doação de alimentos. Além deste, esta grande festa também terá a DJ´s Rock Devil Ladies; a participação da griff Distorção 64 e apresentação da Ordem 227 (Marca da ComCausa, através da empresa social Zori); além da degustação das cervejarias artesanais Ober Bier, Malternativa Iguaçuana Beer e Asa Homebrew.

Também no mesmo dia, uma figura conhecida como DJ Terror em meio a uma região de conflito em Brás de Pina conseguiu consolidar uma das melhores casas de música alternativa do Rio de janeiro. O Subúrbio Alternativo se tornou uma referência por receber bandas locais, históricas e até internacionais para se apresentar em um pequeno boteco, onde para se chegar ao bar ou o banheiro tinha que se passar no meio da roda punk, ou dependendo do grupo, até no meio da banda que estava se apresentando. Até hoje o Subúrbio Alternativo é objeto de afeto da galera bruta que se encontrava no boteco para tomar uma cerveja e conversar. Atualmente O DJ Terror recebe a galera em sua Biroska Klassica na rua paralela ao antigo Subúrbio Alternativo.

Forças do alternativo brasileiro estarão juntos em um show gratuito de comemoração dos 40 anos do Cólera e celebração dos 50 anos do nosso querido DJ terror. Haverá a participação especial da histórica banda de heavy metal carioca Azul Limão, da Velho Black Metal, Ernani Naguibauer, Banda Vírus RJ e a estreia do Desordem S/A, grupo que está realizando um projeto a banda Desordeiros. A primeira banda do Rio de Janeiro a gravar um disco na década de 1980 e também uma referência no movimento punk.

Serviço: Cólera 40 anos de Punk!

Coimbra Esporte Clube – CEC

Av. Camões 472 - Penha Circular

Entrada gratuita com 1k de alimento

Bandas: Cólera, Azul Limão, Velho Black Metal, Ernani Naguibauer, Vírus RJ e Desordem S/A.

Mais informações 21 98356 4778 | 21 9835 34778

Agradecendo aos apoiadores de nossa Vakinha virtual

  • Evaldo Nino

  • Luiz Paulo Nascimento

  • Claudio Coelho

  • Andreia Santos

  • PC

  • Marcelo Mendes

  • Marcelo Pereira Motta

  • Eduardo da Silva Teixeira

  • Marco Antonio da Costa

  • Augusto Azevedo

  • Aloan da Silva Flores

  • Fernando Syd

  • Diego Pereira de Andrade

  • Janaina Santos Lima Miro

  • Vitor

  • Raul Victor Magalhães

  • Arin Soares Barreto

  • Alexandre Turibio da Silva

  • Luciano victorino

  • Carlos de Andrade Silva

  • Wagner da Conceição Gomes

  • Alexandre Oscar Teixeira (SE7E)

  • Fabiana Gomes de Oliveira

  • Jorge Antônio Américo Paradela Júnior

  • Rony A Amaral

#ComCausa

#AzulLimão #Cólera #RockComCausa #RockComcausa #ComCausa #AndréCeciliano #FórumGritaBaixada #GritaBaixada #BaixadaFluminense #Baixada #AdrianaDias #AdrianoDias #Alerj

ComCausa 

Rua da Engenharia 30 

Alto da Posse - Nova Iguaçu / RJ

Cep 26022-770

Telefones:

+55 21 4502 4492
+55 21 99957 3821 (Whatsapp)