Cooperativismo é o primeiro tema da casa aberta


O Fórum Permanente de Desenvolvimento, órgão da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), promoveu ao longo de toda esta quinta-feira (13/06) evento em parceria com o Sistema de Organização das Cooperativas do Estado do Rio de Janeiro (OCB/RJ) e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop). Foi realizada uma miniexposição sobre o cooperativismo fluminense para aproximar e fortalecer as relações dessas instituições com o parlamento.

"A aproximação das cooperativas junto à Assembleia é muito importante, precisamos estar juntos de mãos dadas para que a gente possa amenizar as questões de legislação para dar um dinamismo ao setor, e beneficiar não a população, porque a riqueza fica aqui no estado", comentou o presidente da Alerj, deputado André Ceciliano.

O evento marcou o lançamento do projeto Casa Aberta, que nasceu da necessidade, manifestada de instituições, de se fazerem conhecidas junto aos deputados da Alerj e debaterem sobre a importância delas na economia do estado do Rio de Janeiro. "A gente abre a Casa durante um dia para que as instituições possam expor o que elas fazem, como se organizam, qual o papel delas no desenvolvimento econômico do estado e assim estabelecer um processo de interação com os gabinetes", declarou a secretária-geral do Fórum Permanente de Desenvolvimento da Alerj, Geiza Rocha.A OCB/RJ é o órgão que registra e representa as cooperativas no Rio, que hoje tem 465 cooperativas e mais de 260 mil cooperados em todo o estado e atua junto com a Sescoop na capacitação e desenvolvimento social dos cooperados.

O presidente da OCB/RJ - Sescoop, Vinícius Mesquita, acredita que o cooperativismo é essencial para que a riqueza produzida no estado seja mantida onde ela é gerada. "Nós somos efetivamente uma solução econômica para o estado do Rio de Janeiro, nós somos negócios que preza pela importância mais das pessoas do que dos recursos em si, que são resultados do trabalho em conjunto. É importante que os deputados entendam o papel pujante que o cooperativismo tem na economia", destacou o presidente da OCB/RJ.Cooperativismo: modelo de negócioCooperativismo é um modelo de negócios que une crescimento econômico e desenvolvimento social, produtividade e sustentabilidade, individual e coletivo. Pelo fato de toda riqueza produzida ser distribuída para as pessoas envolvidas no processo produtivo, o cooperativismo tem seu maior diferencial no fato de promover o desenvolvimento local e fixar a geração de rendas e riquezas dentro do estado em que atua.

Segundo o deputado Jorge Felippe Neto, a iniciativa da Casa Aberta é fundamental para debater sobre os rumos econômicos do estado, e o eixo que o legislativo deve estimular passa pelo cooperativismo do estado. "Por vários anos os benefícios fiscais e a tributação foram direcionados ao beneficiamento das grandes multinacionais, deixando de lado, muitas vezes, o setor cooperativado, que tem uma distribuição de renda e econômica, muito mais igualitária e produtiva para o estado do Rio de Janeiro", comentou o parlamentar.

#ComCausa

#AdrianoDias #AForçadoQuerer #ComCausa #AndréCeciliano #ধনZoriDhana #Zori #FórumGritaBaixada #GritaBaixada #BaixadaFluminense #Baixada #AdrianaDias

ComCausa 

Rua da Engenharia 30 

Alto da Posse - Nova Iguaçu / RJ

Cep 26022-770

Telefones:

+55 21 4502 4492
+55 21 99957 3821 (Whatsapp)