Homenagem à Redson


A ComCausa deu apoio institucional para o evento de homenagem à Redson, idealizado e produzido pela Revoluta, que aconteceu no dia 28 de janeiro 2012 na Baixada Fluminense. A proposta da Instituição era gravar um pequeno documentário sobre o evento e a influência que a atitude e conteúdo da cultura produzida pela banda punk Cólera teve sobre diversas gerações.

O Janeiro Infernal é encontro anual idealizado pela produtora cultural Deise Santos da Revoluta, esta quarta edição será um momento especial, pois haverá uma jam session em homenagem ao vocalista e integrante da banda punk Cólera, Redson Pozzi, que faleceu no dia 27 de setembro de 2011.

Segundo a produtora, "a iniciativa é uma forma de manter viva a chama que ardeu por mais de três décadas, período em que a banda caiu na estrada tocando de Norte a Sul do Brasil como a primeira banda do cenário underground brasileiro a fazer uma turnê pela Europa em 1987".

Para isso, Val e Pierre, remanescentes do Cólera se juntarão para tocar músicas da banda com integrantes de grupos como Confronto, Deus Castiga, Lacrau, Sub-Atitude, Resíduos 69, Satangoss, Jason, DDC, Consciência Maldita, Kopos Sujus, Poindexter, Repúdio, Protesto Suburbano e Plastic Fire.

No palco os músicos irão reviver a essência do Coléra através das suas músicas que tinham letras de protesto, mas eram altamente pacifistas e conscientes. O trio conquistou fãs ao redor do mundo e deixou um legado incalculável para a cena underground brasileira. Também haverá exposição de fotos, exibição de vídeos, discotecagem com muito punk rock e hardcore e bandas que o Redson gostava (DJ Wesley Snayps).

O evento é dia 28 de janeiro, neste sábado, a partir das 20h no 'Studio B', que fica na Rua Henrique Duque Estrada Mayer, 350, Bairro da Posse, Nova Iguaçu.

Os produtores pedem que o público leve um caderno de 96 folhas para ser doado a uma Instituição a ser definida.

Adriano Dias fala da influência de uma cultura de Cólera e Paz

"Conheci á música do Cólera na primeira metade da década de 80 através de uma fita K7 amarelada com a gravação da coletânea 'Grito Suburbano' e do primeiro disco da banda, 'Tente Mudar o Amanhã" - diz Adriano Dias, atual diretor executivo da ComCausa - "Os conceitos, as letras, a música, a proposta punk do "faça você mesmos", me influenciou na minha vida e militância".

Adriano contou que viu o primeiro show do Cólera em um projeto de shows da Rede Globo em 1985, na praia de São Conrado: "Eles abriram para o iniciante RPM, o Ultraje que estava em alta e o Raul Seixas. A produção sacaneou os caras só deixaram o som do palco" - e completa a história - "Somente em 1988, quando fui roadie do grupo Desordeiros, conheci Redson no Circo Voador. Batemos um papo rápido, depois, fora alguns shows fui reencontrá-los em 2006 em uma apresentação em Nova Iguaçu. Quando gravamos uma entrevista..."

Emocionado Adriano disse também que foi louvável a atitude de Deise, da produtora Revoluta - em fazer esta homenagem: "Temos o defeito de não reconhecermos os nossos heróis, daqueles que fizeram gestos grandiosos, até que aqueles que das ações mais simples, sem grandes pretensões mudam a perspectiva de vidas. Sem o Cólera acredito que hoje não existiria a ComCausa... Ao Redson: Presente! Presente! Presente! Forte e grande é você camarada, fique com Deus!"

Recentemente Adriano Dias criou um Blog com o nome 'Cultural Revolução', título de uma das músicas do Cólera.

Acompanhe o portal Rock ComCausa e a página Rock ComCasa Facebook.

Parceria Feira Moderna Zine.

#RockComCausa

#JovemFicaVivo

#FMZ #FeiraModernaZine

#ComCausa

#Cólera #Rock

ComCausa 

Rua da Engenharia 30 

Alto da Posse - Nova Iguaçu / RJ

Cep 26022-770

Telefones:

+55 21 4502 4492
+55 21 99957 3821 (Whatsapp)