Maior linha de transmissão do mundo que será feita entre Pará e Paracambi


A linha, que vai transmitir a energia gerada na usina de Belo Monte, vai passar pelos estados do Pará, Tocantins, Goiás, Minas Gerais, além do Rio. A capacidade de transmissão será de 400 MW. Em Paracambi, a energia será distribuída para outras estações interligadas ao sistema elétrico nacional. Paulo Esmeraldo, vice-presidente da Xingu Rio, empresa responsável pelo projeto, diz que as obras começaram neste mês em diversas partes do país. Serão 13 canteiros principais de obras em vários estados e 16 mil empregos durante nos 50 meses de obra. No Rio, a estimativa do governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, é que sejam gerados duas mil vagas na região em volta da subestação.

A chinesa State Grid, uma das maiores empresas de energia do mundo, está investindo R$ 2,4 bilhões no Rio de Janeiro. Esse valor faz parte da construção da maior linha de transmissão do mundo que será feita entre Pará e Rio de Janeiro. Serão 2.518 quilômetros de extensão e investimentos totais de R$ 9,6 bilhões no país. Nesta quinta-feira, a estatal chinesa lançou a pedra fundamental da subestação que ficará em Paracambi, na Baixada Fluminense.

#ComCausa

#ComCausa #Paracambi #BeloMonte #Linha #AdrianaDias

ComCausa 

Rua da Engenharia 30 

Alto da Posse - Nova Iguaçu / RJ

Cep 26022-770

Telefones:

+55 21 4502 4492
+55 21 99957 3821 (Whatsapp)