CPI do feminicídio ouve mulher agredida por lutador

22.05.2019

A paisagista Elaine Perez Caparroz, de 55 anos, que foi brutalmente agredida dentro do seu apartamento, na Barra da Tijuca, em fevereiro deste ano, será ouvida na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Feminicídio da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), nesta quarta-feira (22/05). A reunião será na sala 311 do Palácio Tiradentes, às 10h.

 

A presidente da CPI, deputada Martha Rocha, acredita que o depoimento de Elaine será fundamental para estimular outras vítimas a denunciarem. “Elaine mostrou muita força desde o primeiro momento. É importante que ela relate tudo o que passou”, disse a parlamentar. Elaine foi agredida pelo lutador de jiu-jitsu Vinicius Batista Serra, de 27 anos, após marcar um encontro pelas redes sociais e trocar mensagens com ele durante oito meses.

 

Vinicius a espancou Elaine Perez durante aproximadamente quatro horas. A justiça aceitou a denúncia formulada pelo Ministério Público em fevereiro e o acusado responde a um processo judicial.

 

#ComCausa

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Últimas notícias

Please reload

Please reload