Campanha "Não é não" contra o assédio

31.01.2019

Durante do carnaval do Rio deste ano, serão distribuídas 30 mil tatuagens com a frase "Não é Não", com o objetivo de alertar e fazer um grupo de apoio contra o assédio. Em todo o país, serão 100 mil tatuagens.

 

Uma das criadoras da campanha "Não é Não", Para Bárbara Menchise, “o assédio vem de uma forma moral, verbal, não somente física. A gente está num momento que a gente está muito vulnerável no espaço público, muitas vezes usando pouca roupa, então isso acaba passando pela mentalidade machista de que isso é um convite”.

 

Nandi Barbosa, uma das criadoras da campanha, explica que "a gente tem conscientizar os homens e a população em geral de que é importante respeitar a nossa posição".

 

As tatuagens serão distribuídas durante o carnaval nos blocos de rua, nas praças. A nossa intenção, primeiro, é fazer uma rede de mulheres que se apoiem e se sintam seguras entre si. Se uma mulher está no bloco e vê que a outra está usando a tatuagem, ela sente que ali tem uma parceira.

 

#ComCausa

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Últimas notícias

Please reload

Please reload