Comissões debatem segurança alimentar na Baixada

13.11.2019

As Comissões de Segurança Alimentar e de Assuntos Municipais e Desenvolvimento Regional da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, realizaram audiência pública conjunta nesta segunda-feira, dia 11 novembro, na Câmara Municipal de São João de Meriti. A reunião abordou temas como as fiscalizações em supermercados, armazenamento de comida, cuidado no preparo de merenda escolar, falta d’água e saneamento básico.

 

“A Câmara de Vereadores vai criar uma Comissão Permanente de Segurança Alimentar. A Prefeitura também está criando um Conselho Municipal para tratar desse tema. Esse assunto é importante porque diz respeito ao alimento que chega para as crianças nas escolas, para pacientes em hospitais, para o sistema prisional”, declarou a deputada Lucinha.

 

A parlamentar já projetou os próximos passos da Comissão: “Vamos propor uma audiência com o presidente da Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae), para dar o direito da população de ter água tratada na torneira e evitar que as pessoas fiquem doentes. Ao mesmo tempo, vamos cobrar que Governo Estadual destine 30% do valor repassado para compra de alimentos de agricultura familiar, conforme a Lei 11.947/09.”

 

“Ao falar sobre segurança alimentar, você passa pelo tema da água. A falta d’água desencadeia uma série de problemas de saúde. A água é vital, sobretudo, quando se trata de produção de alimento, de agricultura familiar, de pequenos produtores. Os municípios de Duque de Caxias, Belford Roxo e Nova Iguaçu podem produzir alimentos para todo o Rio de Janeiro, melhorando a qualidade de vida da nossa população”, explicou o deputado Carlos Macedo.

 

Participante do encontro, o deputado Giovani Ratinho destacou que as escolas têm mandado as crianças de volta para casa em decorrência da falta d’água. “Essa audiência foi muito importante para que possamos falar do descaso da Cedae, as nossas crianças não podem ficar fora da sala de aula. A Comissão de Segurança Alimentar está fazendo um trabalho muito bom em São João de Meriti e na Baixada Fluminense. Precisamos fiscalizar supermercados, escolas municipais e estaduais, presídios e restaurantes”, argumentou o parlamentar.

 

Também compareceram à audiência os deputados estaduais Mônica Francisco (Psol) e Valdecy da Saúde; os vereadores de São João de Meriti, Rogério Fernandes, Sebastião da Silva, Carlos Eduardo Soares e Amilton Domingues; o secretário de Cultura e Direitos Humanos de São João de Meriti, Marcelo Rosa; a subsecretaria de Educação, Rita de Cássia Barbosa; além de Clébson Monteiro, da Secretaria de Estado das Cidades (SECID-RJ); Sandra Pedroso, presidente do Conselho Estadual de Alimentação Escolar (CEAE) do Rio de Janeiro; e Isabel Monteiro, do CEAE.

 

#ComCausa

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Últimas notícias

Please reload

Please reload