Crime contra mulheres com deficiência física será tema de audiência

06.08.2019

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Feminicídio, da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), vai ouvir nesta quarta-feira (07/08) a vice-coordenadora da Federação Nacional de Educação e Integração dos Surdos (Feneis), Sabrina Lage. A Comissão pretende analisar os dados de feminicídio com mulheres que tenham deficiência física. A reunião será na sala 311 do Palácio Tiradentes, às 10h.

 

Além dela, também participarão do debate a representante do Coletivo Feminista Helen Keller de Mulheres com Deficiência, Thais Victa, e duas vítimas de tentativa de feminicídio."As mulheres com deficiência sofrem ainda mais quando são vítimas da violência doméstica. Os caminhos tornam-se mais complicados, já que a rede de proteção não está preparada para atendê-las. A CPI quer buscar um caminho para ajudá-las", afirmou a presidente da CPI do Feminicídio da Alerj, deputada Martha Rocha.

 

#ComCausa

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Últimas notícias

Please reload

Please reload