Decreto vem cancelando eventos ligados a cultura de matriz africana

04.08.2017

Foto: Fernando Frazão |Agência Brasil

 

 

O evento tem como finalidade formar um debate sobre os impactos do Decreto de Lei 43219, em que todos os eventos de natureza temporária, manifestações públicas e similares, as pessoas interessadas devem se dirigir à Prefeitura do Rio para adquirir alvará autorizando as manifestações. Procissões e caminhadas religiosas devem obter esta documentação, onde o Prefeito, com base Político-Religiosa na Igreja Universal, será figura única e exclusiva, que decidira sobre tal manifestação.


O mesmo já vem cancelando, através deste Decreto, vários eventos ligados a cultura de matriz africana por motivos de posição pessoal, como a Festa da Raça. Veja o link onde o grupo discorre sobre o cancelamento.

 

Através deste Decreto, de cunho totalmente ditatorial, criou-se um perigo iminente para as religiões de matrizes africanas. É necessário que seja feita uma ação liminar para anular os efeitos deste, que é nitidamente um perigo para a fé e cultura ancestral afro-brasileira.

 

Saiba mais no link do evento.

 

#ComCausa

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Últimas notícias

Please reload

Please reload