Bernardo Boldrini

04.04.2019

Bernardo Uglione Boldrini foi assassinado por superdosagem do medicamento Midazolam no dia 4 de abril de 2014. O caso aconteceu entre as cidades de Três Passos e Frederico Westphalen, no interior do Rio Grande do Sul.

 

O crime motivou a "Lei Menino Bernardo", que visa proibir o uso de castigos físicos ou tratamentos cruéis ou degradantes na educação de crianças e adolescentes.

 

#ComCausa

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Últimas notícias

Please reload

Please reload