Novembro Azul nas Redes Sociais

Vamos falar de saúde e principalmente de preconceito!

 

Novembro azul ganha campanha do "bigode" de homens e mulheres nas redes sociais em busca de incentivo para homens procurarem a medicina preventiva.

 

Assim como o Outubro Rosa busca antecipar o diagnósticos do câncer de mama, o Novembro Azul também busca antecipar e prevenir o câncer de próstata. A campanha Novembro Azul é uma campanha que começou na Austrália em 1999 e hoje corre o mundo todo. Dos cânceres que mais acometem o homem, o câncer de próstata é o segundo que mais mata, perdendo para o câncer de pele não melanoma. Um homem morre a cada 38 minutos pelo câncer e 13.772 casos surgem por ano no Brasil.

 

O maior desafio da medicina não é só tratar o câncer, é combater o preconceito e a falta de informação sobre a doença. Falando abertamente, o machismo é o maior empecilho para a manutenção do bem estar masculino. Mundialmente, mas especificamente no Brasil, que infelizmente o machismo é muito enraizado, o exame do toque retal é considerado uma afronta a sexualidade do homem. Esta região do corpo é considerada tabu e remete ao pensamento da homossexualidade. E geram inúmeras piadas, o que ajuda e muito do reforço ao preconceito do homem ir buscar a medicina preventiva.

 

A herança cultural do patriarcalismo, além de ter deixado um rastro de opressão nas mulheres, deixou um rastro histórico de ignorância no homem. A idéia do homem provedor enrijeceu o imaginário do papel masculino de ser invencível. Não ficar doente, não é uma escolha. Os cuidados preventivos à saúde devem fazer parte de nosso cotidiano e não deve ser encarado como fraqueza. Segundo dados do Hospital do Cancer (INCA) as mulheres procuram oito vezes mais o atendimento médico de rotina do que os homens.

 

A maioria dos homens, quando recebem o diagnostico de câncer de próstata, passam todo o medo e sofrimento sozinhos. Você não precisa ficar em silencio!

 

Saiba como se prevenir: Fatores hereditários e étnicos podem contribuir para o surgimento da doença. A sociedade Brasileira de Urologia recomenda o exame periódico após os 50 nos. Para homens negros e pessoas com histórico na família, o a idade recomendada é 45 anos.

 

O exame do toque retal detecta o câncer de próstata já em evolução, é importante que o homem realize o exame de sangue para detecção do antígeno prostático específico, conhecido como Teste ou Dosagem de PSA. O teste de PSA apenas detecta a variação da próstata e não significa que seja câncer, por isso a importância de ser associado ao exame de toque retal.

 

Ainda segundo o INCA, 90% dos casos são passíveis de cura. Não deixe o preconceito destruir a sua vida, cuide-se!

 

| q-r.to/ComCausa | q-r.to/ComCausaPortalC3 |

 

#ComCausa

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Últimas notícias

Please reload

Please reload