Políticas Públicas para Mulheres na Alerj

14.09.2017

A Descontinuidade das políticas públicas para as mulheres do Estado do Rio de Janeiro.

 

No momento em que se fala tanto de crise e dos desmontes dos equipamentos de enfrentamento à violência contra a Mulher em nosso Estado, é importante trazer à discussão da efetividade da construção destas olíticas, na perspectiva da igualdade para as mulheres.

 

Esta iniciativa visa também fortalecer a relação interinstitucional da SubSecretaria de Políticas para Mulheres, com os demais organismos governamentais – estaduais e municipais e o Conselho Estadual dos Direitos da Mulher do Rio. Tal proposição deve convergir para uma perspectiva de transversalizar e de intersetorializar as políticas públicas voltadas às mulheres, no sentido do fortalecimento da capacidade institucional, consolidando uma governabilidade democrática e participativa.

 
Como o poder é uma relação social não linear que envolve vários e diferentes atores sociais e políticos, com projetos e interesses diferenciados e até mesmo contraditórios, há necessidade de mediadores e mediadoras sociais e institucionais. O papel ou função cabe também ao bom desempenho dos servidores e servidoras públicos (da área técnica, de gestão, etc.) para que se possa obter um mínimo de consenso com vistas a que as políticas públicas possam ser legitimadas e obter eficácia.


Com tudo que aconteceu e acontece, nos últimos 24 meses em nosso estado, se faz necessária a realização desta audiência pública para destacarmos quais diretrizes devemos tomar adiante.

 

Saiba mais no link do evento.

 

Sexta-feira, dia 22 de setembro, das 09h às 13h

Palácio Tiradentes - Alerj

R. Primeiro de Março, s/n - Praça XV, Rio de Janeiro

 

#ComCausa

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Últimas notícias

Please reload

Please reload