Vídeo mostra que violência não combate com violência

14.11.2017

Em uma reportagem para o programa de esporte da Rede Globo, um professor de educação física, Paulo de 79 anos, que já atuou com crianças na região de Jacarepaguá e hoje trabalha em Paraty, mostrou que a saída para violência não passará por ação das polícias somente. Na emocionante reportagem o professor prova quê com o esporte, a cultura e a educação, é possível virar o jogo da violência em nosso Estado: “Em vez de 500 policiais (...) se colocarmos 50 professores de esporte, 50 professores de artes, em 10 anos acabaríamos com a violências em nosso Estado”, afirma o professor Paulo.O vídeo, montado pelo produtor Aldir, apresenta uma situação de conflito e a fala do professor Paulo. No decorrer da reportagem existe o emocionante depoimento de uma criança que chorava pelo fato de ter vencido a competição. “Provavelmente foi a única vez que esta criança venceu algo na vida. Está aí a importância de nós darmos visibilidade através do esporte, da cultura e da educação para nossos jovens”, afirmou Adriano Dias, fundador da ComCausa - “Os jovens se fazem visíveis pelas suas virtudes, pelo consumo ou pela violência. Infelizmente esta tem se tornado cada vez mais o instrumento de visibilidade os nossos jovens, temos que virar esse jogo”.

 

Ao final é mostrada a experiência na Baixada Fluminense realizado em Paracambi que, com políticas públicas municipais, conseguiu que de fato reduzir a violência. Foi a única cidade da Baixada que conseguiu reduzir os índices de homicídios, conta André Ceciliano, que era prefeito da cidade neste período.

 

Dentro deste contexto, a ComCausa, juntamente com a Câmara de Vereadores de Nova Iguaçu, vai promover a um encontro regional chamado “Cidades de paz”. A proposta foi acolhida pelo vereador Marcelo Lajes que coordenará o encontro.

 

#ComCausa

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Últimas notícias

Please reload

Please reload